Jovens haitianos são vítimas de racismo e xenofobia em Lucas do Rio Verde

(Foto: Joca Duarte/Creative Commons-Arq. ABr)

Além das ofensas, o suspeito dizia que o novo presidente da República deveria expulsar os estrangeiros e “pretos” do país

Neste domingo (06), três jovens haitianos de 22, 23 e 28 anos de idade foram vítimas de racismo e xenofobia na cidade de Lucas do Rio Verde (300 km de Cuiabá). Segundo o Boletim de Ocorrência, as vítimas foram atacadas por um homem de 52 anos, que foi denunciado e acabou detido.

Conforme os relatos, os jovens trafegavam pela Avenida Rio Grande do Sul, centro da cidade, quando o acusado começou a ofendê-los com frases racistas, xenofóbicas, homofóbicas, entre outras palavras de baixo calão.

Além das ofensas, o suspeito gritava que o novo presidente da República deveria expulsar os estrangeiros e “pretos” do país.

Uma testemunha confirmou a versão das vítimas e o acusado foi conduzido até a delegacia de Polícia Civil, onde seria ouvido por um delegado de plantão.

Fonte: olivre.com.br