Aniversário de 110 anos do mestre Cartola

Hoje (11) comemora-se o aniversário de Agenor de Oliveira, o Cartola. Famoso cantor e compositor negro e maior representante da Música Popular Brasileira.

Cartola nasceu no Rio de Janeiro em 1908, passou a infância no bairro de Laranjeiras e não completou os estudos; trabalhou como tipógrafo e pedreiro. Mudou-se para o Morro da Mangueira onde o gosto pela música aflorou nas rodas de samba e batuques. O apelido de “Cartola” surgiu na época que trabalhava de pedreiro e usava um chapéu para impedir que o cimento caísse e sujasse sua cabeça.
Em sua brilhante trajetória musical o mestre cartola deixou alguns legados sendo ele um dos fundadores da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, e o primeiro samba da escola foi composto por ele intitulado como  “Chega de Demanda. ”   Em 1925 com seu amigo e parceiro musical Carlos Cachaça foi um dos fundadores do Bloco Arengueiros.
No ano de 1954 o poeta casou-se com dona Zica e abriu um restaurante na zona sul do rio de janeiro chamado Zicartola, que se tornou o ponto de encontro do samba e reuniu grandes nomes como Tom Jobim, Nelson Cavaquinho e Clementina de Jesus.
O cantor foi autor de grandes sucessos, é impossível falar de samba e não mencionar os seus clássicos como: “As rosas não falam”, “O mundo é um moinho” “O sol nascente” e “rugas”, e teve parte de suas  composições gravadas por Nara Leão e Elizeth Cardoso.
Em 1970 recebeu uma homenagem em forma de espetáculo chamada “Canta Cartola” que mostrava a importância do sambista no cenário musical brasileiro.
Cartola, morreu aos 72 anos no Rio de Janeiro em 30 de novembro de 1980, deixando uma enorme contribuição para a Música Popular Brasileira.

Fonte: palmares.gov.br